sobremordida-invisalign-odontouno

O que é Sobremordida e como tratá-la?

Também chamada de Mordida Profunda, a Sobremordida caracteriza-se por uma situação na qual é possível identificar uma má oclusão vertical. Isso quer dizer que quando os dentes se fecham, os superiores da frente transpassa os dentes de baixo.

Se olharmos a arcada de baixo para cima, será possível ver uma região vazia com 2 mm de diâmetro entre a arcada superior e inferior. Visualmente, temos a arcada superior “para fora” o que pode causar problemas de saúde bucal e também emocionais, especialmente na infância.

Quer saber mais sobre a sobremordida? Então, leia até o final e entenda mais sobre o problema e como tratá-lo da maneira mais eficaz!

Quais são os tipos de sobremordida?

É possível identificar, basicamente, 2 tipos de mordida profunda. A primeira é a congênita, ou seja, é um problema de causas genéticas. Esse é o tipo mais comum e pode ser esquelética ou dentoalveolar. Há também o tipo adquirida, que como o próprio nome já diz, é a mordida profunda que foi se desenvolvendo por conta dos maus hábitos.

Há também outros tipos como a sobremordida horizontal e também a vertical, conhecida como overbite. Apenas o especialista será capaz de identificar em qual tipo a sua sobremordida se encaixa.

Quais as principais causas da sobremordida?

Como dito, as causas mais comuns são as genéticas. Elas alteram o desenvolvimento dos ossos do maxilar ou mesmo da face de uma forma geral. Porém, o problema da mordida profunda também pode estar associada a questões ambientais.

Uma causa bastante comum que pode levar à sobremordida é o bruxismo. Essa patologia leva aos desgaste dos dentes posteriores e, dessa forma, passa a ocorrer a má oclusão dos dentes anteriores. Há também outras causas comuns de serem encontradas como:

  • extrusão de dentes anteriores;
  • a mastigação ocorre de maneira bastante agressiva. Isso faz com que os dentes posteriores sejam pressionados para baixo, perdendo comprimento e assim, ocorra a má oclusão;
  • perda dos dentes posteriores pelos mais diversos motivos;
  • a mandíbula ou maxilar ficam retraídos, condição conhecida por retrognatismo.

Como você pode notar, muitas são as causas da sobremordida e, por isso, é de extrema importância ficar sempre atento, especialmente em relação às crianças.

Como saber se tenho sobremordida?

Você já conhece um pouco sobre essa condição, mas será que você tem sobremordida? Existem alguns sinais e sintomas que podem tornar isso mais claro e ajudá-lo a identificar.

Nas crianças, como elas ainda estão em fase de crescimento, é possível que ocorra uma espécie de travamento no crescimento normal dos ossos que formam a mordida. Nesse caso, é possível notar um formato arredondado ou convexo ao olhar a criança numa posição de perfil. Por conta disso, a estética facial fica prejudicada podendo causar inúmeros problemas emocionais ainda na infância.

Já no adulto, um dos sinais mais comuns é a lesão na articulação temporomandibular (ATM). Ela pode provocar alguns sintomas indesejáveis como dor de cabeça e sensação de zumbido nos ouvidos.

Outras consequências da sobremordida estão relacionadas ao que se chamada de retração gengival. Isso costuma causar uma série de problemas como aumento da sensibilidade e movimentação dos dentes para posições inapropriadas.

Quais são os tratamentos?

Primeiro, o especialista deverá analisar alguns fatores como o tipo de sobremordida, as causas e também a idade do paciente. Afinal de contas, em crianças, ainda há o crescimento ósseo e, por conta disso, é necessário ter maiores cuidados.

O método mais comum de tratamento é por meio dos conhecimentos da ortodontia com o uso de aparelhos dentários. O aparelho utilizado pode ser fixo ou não. Dentre os tipos de aparelhos removíveis, o que oferece melhores condições estéticas é o Invisalign®.

Ele é totalmente transparente, pois é feito em um material acrílico específico para tratamento dentário. Além disso, o aparelho é específico para cada paciente já que é tirado um molde da arcada dos indivíduos, um alinhador sob medida para o seu sorriso.

Assim como outros tipos de aparelhos, é preciso ir ao dentista cerca de uma ou duas vezes por mês para fazer a manutenção, ou seja, a movimentação dos dentes para o lugar correto. O tempo de tratamento da sobremordida usando o Invisalign® varia bastante já que depende do grau de comprometimento do problema.

Antes de começar o seu tratamento com os alinhadores da Invisalign®, é preciso realizar uma avaliação, procure pela especialista em Invisalign® em São Paulo, a ortodontista Dra. Helena Yogi, da clínica Odonto Uno.

agende-uma-avaliacao-odontouno

Você tem dúvidas sobre Sobremordida? Acesse a área de atendimento do site, teremos o maior prazer em atendê-lo. ou Ligue para (11) 5081-3724.
   
Diretora Técnica: Dra. Helena Yogi CRO/SP - 48.561
Helena Yogi - Doctoralia.com.br

Rua Pedro de Toledo, 80 – Sala 71, Vila Clementino SP (ao lado do Metrô Santa Cruz)

Telefones e Whatsapp de Atendimento:

(11) 97470-7172 / (11) 5081-3724

Horários de Funcionamento

De segunda à sexta, de 8h às 18h