mordida-aberta-invisalign-odontouno

Mordida aberta: quais as causas e a forma de tratamento?

A mordida aberta é um problema que afeta diversas pessoas no mundo inteiro. Ela é caracterizada por uma má oclusão ao fechar os dentes e assim, não permite que os dentes superiores toquem nos inferiores. Isso pode resultar em diversos problemas sendo um deles o estético.

A boca de quem tem mordida aberta parece estar sempre torta ou aberta. Isso pode causar um certo constrangimento, especialmente para as crianças.

A patologia pode acontecer de diversas formas. Ela pode ocorrer com os dentes da frente ou com os dentes que ficam no fundo da arcada dentária. É possível também que a mordida aberta seja identificada em apenas um dos lados da boca sendo chamada de mordida aberta unilateral, ou dos dois lados, sendo chamada de mordida aberta bilateral.

Esse problema pode afetar crianças, adolescentes, jovens e adultos. Para saber mais sobre ele e as principais formas de tratamento, leia este post até o final!

Entenda os diferentes tipos de mordida aberta

Acima, citamos os tipos de mordida aberta que existem, vamos agora falar um pouco sobre cada uma delas.

  • Aberta anterior

Nesse caso, os dentes anteriores, ou seja, os que ficam na frente, não conseguem manter contato com os dentes inferiores anteriores.

  • Aberta posterior

Aqui, os dentes que não conseguem entrar em contato são os posteriores, os molares. Os dentes superiores e inferiores não se encontram. Essa situação pode ocorrer em apenas um lado da boca ou nos dois ao mesmo tempo.

  • Aberta lateral

Na mordida aberta lateral, estamos falando dos dentes pré-molares. Os dentes inferiores e superiores não conseguem entrar em contato.

Quais as causas da mordida aberta?

As causas desse problema estão diretamente relacionadas aos hábitos do dia a dia eles já precisam ser observados desde a infância. Por exemplo, chupar o dedo ou manter por muito tempo o uso da chupeta pode prejudicar a saúde bucal das crianças. Outras causas são:

  • roer as unhas;
  • morder a ponta do lápis, da caneta, do bocal ou outros objetos dos tipo;
  • interposição da língua;
  • morder os lábios;
  • respiração bucal, entre outros.

Quais as principais consequências para a saúde?

Como qualquer outra doença, a mordida aberta tem suas consequências para a saúde do paciente que vão muito além das questões estéticas.

A função da mastigação, da fonética e da respiração podem ficar prejudicadas por conta desse problema. A situação fica ainda pior se ele vem associado a outra condição como a mordida cruzada. Existem também alguns sinais e sintomas que podem aparecer em quem tem a patologia como zumbido no ouvido, dor de cabeça, estalos na articulação temporomandibular, problemas para mastigar e até mesmo para engolir os alimentos.

Quais os tratamentos disponíveis do mercado?

O primeiro passo para iniciar o tratamento é identificar a causa da condição. Por isso, se ela foi causada por hábitos funcionais que ainda podem ser modificados, o paciente precisa se comprometer com essa decisão.

1.Uso de aparelhos

Na grande maioria dos casos, o tratamento é feito por meio do uso de aparelhos ortodônticos com um especialista. Nos pacientes mais jovens como crianças, que estão com a dentição em formação, os aparelhos removíveis com uma grade palatina é a opção mais indicada de tratamento. Eles conseguem movimentar os dentes na direção correta solucionando o problema.

No caso dos adultos, o aparelho ortodôntico fixo tem sido o mais popular para o tratamento com uso ou não dos elásticos intermaxilares.

Sobre o uso de aparelhos há também uma opção esteticamente mais viável: o Invisalign®. Ele é um aparelho ortodôntico moldado especificamente para cada paciente e composto por acrílico. Dessa forma, estamos falando de um aparelho transparente e que se adapta perfeitamente aos dentes, deixando a aparência muito melhor. A qualidade dos alinhadores Invisalign® é superior aos aparelhos convencionais, você pode retirá-los para fazer a limpeza bucal, não machucam a gengiva e são trocados em pouco período de tratamento.

2. Cirurgia

Em certos casos, o uso de aparelhos pode não oferecer os resultados esperados. Nesses casos, é possível utilizar a cirurgia ortognática para corrigir o problema da má oclusão. É um procedimento realizado nos maxilares e que costuma resolver a condição da mordida aberta. É preciso pensar também em um tratamento em equipe indicando sessões de fonoaudiologia para os casos em que há alteração na fala. Se o paciente possui alguma lesão articular na região, o fisioterapeuta é o mais indicado nos casos e, se há problemas emocionais envolvidos, sessões de terapia com o psicólogo podem ajudar.

Busque sempre por um especialista na área. A Dra. Helena Yogi especialista em Invisalign® em São Paulo pode devolver a qualidade do seu sorriso, entre em contato com a ortodontista, e agende uma avaliação.

agende-uma-avaliacao-odontouno

Você tem dúvidas sobre Mordida Aberta? Acesse a área de atendimento do site, teremos o maior prazer em atendê-lo. ou Ligue para (11) 5081-3724.
   
Diretora Técnica: Dra. Helena Yogi CRO/SP - 48.561
Helena Yogi - Doctoralia.com.br

Rua Pedro de Toledo, 80 – Sala 71, Vila Clementino SP (ao lado do Metrô Santa Cruz)

Telefones e Whatsapp de Atendimento:

(11) 97470-7172 / (11) 5081-3724

Horários de Funcionamento

De segunda à sexta, de 8h às 18h